Não existem mensagens.
Não existem mensagens.

Pequena Ilha situada a 39º40’ e 39º43’ de latitude Norte e a 31º5’ e 31º8’ de longitude Oeste, no Arquipélago dos Açores, que em conjunto com a sua vizinha Ilha das Flores formam o grupo ocidental. A Ilha do Corvo tem uma área de 17,10 km2, na qual residem apenas 425 habitantes (segundo censos 2001).

Small island located at 39º40’ – 39º43’ latitude North and 31º5’ – 31º8´ longitude West, on Azores Archipelago, which in set whit her neighbour island “Flores” form the western group. Corvo Island has an area of 17, 10 square km, which reside only 425 inhabitants (according to information of 2001).

Locais de visita por terra / Places to visit by land

CIRCUITO PEDESTRE / WALKING TRAIL


Cara do Índio - 3,5km - 1h00m

Este percurso inicia-se junto à Cova Vermelha, termina na Vila do Corvo. O percurso segue por antigas "canadas" ladeadas por muros de pedra e vai em direcção à costa.


This trail begins at Cova Vermelha, ends at Vila do Corvo. The trail follows some old lanes lined by old stone dykes and takes you towards the coast.

Caldeirão - 5,3km - 4h00m

Este percurso inicia-se no Miradouro do Caldeirão e termina na Cancela do Pico.
É um percurso com um grau de dificuldade elevado devido ao piso de características muito acidentadas, às perigosas falésias e aos repentinos nevoeiros que atingem esta zona.


This trail begins at Miradouro do Caldeirão, ends at Cancela do Pico.
It is classified as a difficult trail because of the rough surface, dangerous cliffs and the sudden fogs that affect this area.

Lazer

Livro "A Ilha da Sabedoria"

..."Quando o fogo arrefeceu, a ilha fez-se um lugar de esfine. Os que a descobriram julgaram-na, na névoa da distância, uma ave negra a dormir. Chamaram-lhe, pela semelhança, Corvo. E acreditaram-na, pelo desejo, Corvo"...

Locais de visita por mar / Places to visit by sea

FESTAS RELIGIOSAS DE VERÃO / SUMMER RELIGIOUS FEAST


FESTA SANTO ANTÃO
Festivities in honour of Santo Antão (on the last weekend of May)

- Realiza-se no último fim-de-semana de Maio e consiste de uma missa campal no nincho em louvor a Santo Antão.

FESTA SÃO PEDRO
Festivities in honour of Saint Peter (on the last weekend of June)

- Realiza-se no último fim-de-semana de Junho (com festa profana no campo de jogos – campo da bola – e a festa religiosa que consiste na procissão e missa no caís da vila – Cais do Porto da Casa).

FESTA DIVINO ESPIRITO SANTO
Festivities in honour of the Divine Holy Spirit (on the second weekend of July)

- Realiza-se no segundo fim-de-semana do mês de Julho. Na quinta-feira antes é feita a escolha do gado, para na sexta-feira durante o dia proceder à matança e corte da carne, que será distribuída a toda a população na manhã do dia seguinte. No sábado de tarde, conforme tradição dos Corvinos é feito o cortejo do “bodo de leite”, seguindo-se à noite de um arraial no campo de jogos – campo da bola. No domingo de tarde é realizada a procissão, sendo o seu percurso do Império do Espírito Santo até à Igreja Matriz, onde se celebra a missa em louvor ao Divino Espírito Santo, havendo à noite arraial e o sorteio da Comissão de Festas para o ano seguinte.

FESTA SAGRADA FAMILIA
Festivities in honour of the Holy Family (on the last weekend of July)

Realiza-se no último fim-de-semana do mês de Julho e consiste apenas na celebração da missa em louvor à Sagrada Família, seguindo-se da procissão, havendo durante a noite arraial e sorteio da Comissão de Festas para o ano seguinte.

FESTA NOSSA SENHORA DOS MILAGRES “Padroeira da Ilha”
Festivities in honour of the Nossa Senhora dos Milagres"Island Patron Saint" (on the 14 and 15 August)

Realiza-se nos dias 14 e 15 de Agosto, consiste na celebração de uma missa em louvor a Nossa Senhora dos Milagres, seguindo-se de uma procissão, havendo durante a noite arraial.
Festival dos Moinhos (integrado na Festa de Nossa Senhora dos Milagres (com actuações de grupos vindos de Portugal e estrangeiro).

FESTA NOSSA SENHORA BOM CAMINHO
Festivities in honour of the Nossa Senhora do Bom Caminho (on the first weekend of September)

Realiza-se no Segundo fim-de-semana do mês de Setembro e consiste na procissão feita em louvor a Nossa Senhora do Bom Caminho, sendo o seu percurso da Igreja Matriz até ao nincho que deu origem a esta festa, seguida de missa campal, prolongando-se pela noite dentro com um arraial, dando assim encerramento às festa religiosas de Verão.

Igreja e Monumentos


Igreja de Nossa Senhora dos Milagres
Construída em 1674 e reedificada em 1755, é um templo amplo, simples e cuidado, com uma traça singela ao estilo das igrejas açoreanas. A talha dos Altares, desde do espaçoso alto-mar aos que ladeiam o arco-cruzeiro, são do tipo neoclássico.Aqui se venera uma valiosa imagem da sua padroeira, escultura flamenga de Malines, do principio do séc. XVI.


Church of Nossa Senhora dos Milagres
Built in 1674 and reedified in 1755, it is an ample temple, simple and well taken care, with an unpretentious front, at the style of the remaining chuchers of the Azores. The cut of the altars, since the roomy high altar which goes along the cross-aisle arch, are neo-classic. where one can venerate a valuable image of its patron saint, a Flemish sculpture from Malines, dated back to the beginning of the 16th century.

Casa do Espírito Santo
Situada no Largo do Outeiro, é um edifício de um só piso construído em alvenaria de pedra rebocada. A sua fachada é simétrica, apresentando duas portas e duas janelas, bem como um ornamento ao centro constituído por uma pilastra encimada por uma Coroa do Espirito Santo e uma inscrição com a data de 1871.

Holy Spirit House
Situated in the Largo do Outeiro, this one storey building is made of stone and plaster-work. It has a symmetrical frontage, with two doors and windows, and an ornamental central pillar, topped by a crown of the Holy Spirit, bearing the date of 1871.

Moínhos de Vento
Numa faixa do litoral, uma série de pequenos Moinhos (séc.XIX/XX) animam a paisagem. Atarracadas construções de pedra negra, em cujo interior um engenhoso mecanismo faz rodar a cúpula, de maneira a sua vela triangular acompanhar constantemente os ventos, os moinhos do Corvo distinguem-se dos das outras ilhas do arquipélago, aproximando-se daqueles que os mouros deixaram no Continente Português.

Windmills
At one point of the coast area a series of windmills 19th/20th centuries) which brighten up the countryside. Stout buildings in black stone,having an ingenious mechanism in their interiors, which turns the copula so that its triangular sails are constantly in the wind, Corvo's windmills distinguish themselves from the ones on the remaining islands of the archipelago, and are more similar to those left by the Moors on the Portuguese Continent.